NOTÍCIAS

Na COP 20, Acre convoca parceria pelo desenvolvimento sustentável

Parceria será crucial para ampliação dos serviços ambientais

   Considerado o maior evento para discussão de mudanças climáticas e proteção ambiental do mundo, a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 20) ocorre de 1 a 12 de dezembro em Lima, no Peru. E o Acre faz parte da comitiva brasileira, que, junto com 190 países, tem o objetivo de redigir um rascunho do documento de preservação ambiental para substituir o Protocolo de Kyoto em dezembro de 2015, na Conferência de Paris.

   O governador Tião Viana, parte de seu secretariado e assessores levaram para a COP 20 experiências socioeconômicas bem sucedidas no Acre e convocaram a parceria entre os povos pelo desenvolvimento sustentável. Tião foi um dos convidados do simpósio sobre como conseguir desenvolvimento sustentável de baixas emissões de carbono para a Amazônia e falou sobre a redução do desmatamento no estado e a venda de créditos de carbono, alternativa efetiva para a preservação ambiental.


    Durante o simpósio, o governador citou atividades desenvolvidas no Acre que são referência na melhoria da qualidade de vida de quem faz bom uso da terra, como a piscicultura, florestas plantadas com açaí, a melhoria da renda dos extrativistas que trabalham com castanha e famílias que atuam na extração do látex para a fábrica de preservativos Natex. “Chegar com meios de produção e tecnologia que atinjam igualmente a todos na Amazônia não é equação fácil”, relatou Tião Viana.

Um dos pontos mais defendidos pelos participantes do simpósio é fazer com que haja mais incentivo pela redução do desmatamento no mundo. Como exemplo, foi ressaltado que uma grande redução por emissões é gerada pelo Brasil, mas o financiamento não chega à mesma proporção. Só entre 2006 e 2012, o país gerou redução de carbono de aproximadamente quatro bilhões de toneladas. Para compensar essa redução, o financiamento foi correspondente a apenas 7,5%.


A luta pela união

    O grande objetivo da COP 20, o “rascunho zero”, não será uma missão fácil. Em um ano, será preciso costurar e concluir, com a ajuda de mais de 190 governos, um mega-acordo que obrigará a redução de emissões de gases-estufa no planeta. O plano é que o documento seja assinado até o fim de 2015 e passe a vigorar a partir de 2020. O Brasil, que já é considerado um país de luta contra as mudanças climáticas, tem realizado grandes feitos na área de preservação climática e acredita que pode contribuir ainda mais.

Na manhã de sábado, 6, foi organizado o painel “Formando Novas Alianças para Alcançar Estados e Províncias Tropicais Sustentáveis”. Entre as questões abordadas, destaque para as salvaguardas ambientais e os mecanismos de proteção ambiental voltados à população indígena. Participando do painel, o governador Tião Viana lembrou que o Acre tem 15 diferentes povos indígenas.

“Para nós, é essencial que parceiros regionais estejam mais perto de nós. Queremos um modelo integrado para crescer juntos em desenvolvimento sustentável, qualidade de vida e crescimento econômico”, convocou o governador. Ainda durante a mesa-redonda, ele falou sobre a incorporação de tecnologia e valor agregado aos produtos e serviços florestais, sem danos ambientais, e finalizou explicando os avanços das políticas de desenvolvimento econômico sustentável desenvolvidas no estado.


Banco Mundial

    Ainda durante a COP 20, o governador Tião Viana se reuniu com Rachel Kyte, vice-presidente do Banco Mundial. Na conversa, aproveitou para falar sobre os avanços do estado nos últimos 16 anos e do interesse do Acre em parcerias externas para conciliar conservação com desenvolvimento.

    Kyte elogiou as políticas acreanas e declarou: “Todos estamos aprendendo com o Acre, que é uma referência em políticas de desenvolvimento sustentável. Queremos uma conversa concreta para ajudar o Acre a se desenvolver ainda mais”. Tião Viana propôs uma aliança de desenvolvimento com o banco para incentivar a produção e garantir o não desflorestamento. A vice-presidente agendou uma visita ao Acre.

IMAC

Instituto de
Meio Ambiente do Acre

RUA RUI BARBOSA, 135
CENTRO - RIO BRANCO - AC
TEL: +55 (68) 3223-7570
TEL: +55 (68) 3224-5497

©2015. IMAC Instituto de Meio Ambiente do Acre. Todos os direitos reservados.